quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Confissão


foto: arquivo pessoal



Se os teus lábios túmidos
aceitassem o meu outono

Que me açula e se ergue
Entre musgos e lamparinas

Eu dançaria um tango
com o teu corpo desejado

Aberto qual rosa fascinada
Em límpida harmonia

sem ninguém para nos dizer
Como o sol se amainaria

haurindo o chão da vida
Com volúpia e alegria! 

(José Carlos Sant Anna)




12 comentários:

  1. Bom dia José.
    Linda poesia,mistura de desejo e amor.
    Bela confissão para o seu amor rsrs.
    Boa sorte .
    Uma lindo final de semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. [olhos, olhares, reflexos, sinais]

    poema mais q lindo!

    beij0

    ResponderExcluir
  3. Te lendo, me lembro da canção: "Este teu olhar, quando encontra o meu...." Teu olhar poético alumia meus olhos. Um cenário de musgos e lamparinas é um paraíso: a-do-ro te ler, como adoro os teus comentários!
    Tudo de luz no 2014 e 2015...e sempre! Beijos

    ResponderExcluir
  4. se batesse um redemoinho
    entre a minha e a tua mão
    entre o meu e o teu passo
    caberia uma única estação

    :)

    beijos, poeta admirado!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia José Carlos.
    Animado para o novo ano? espero que sim.
    Que seja um ano de infinitas surpresas agradáveis,e que ao terminar você possa dizer que ano incrível rsrs.
    Um feliz 2014.
    Muita paz,muito saúde,muitas realizações.
    Um grande abraço virtual rsrs.

    ResponderExcluir
  6. José Carlos , seu poema é doce e sensual . Muito bonito . Aproveito para lhe agradecer a visita ao meu espaço com votos de feliz ano novo , No 2014 que se aproxima espero que continuemos nossa partilha literária . Foi excelente tê-lo conhecido neste 2013 . Beijos e até o ano vindouro .

    ResponderExcluir
  7. Com muito carinho venho desejar um abençoado ano novo,
    que as ooo hora do dia 31 de Dezembro entraremos em 2014 deixando
    alegrias , tristezas , dores , saudades na virada de mais um ano.
    Deus nos cubra com seu manto de cura e nos envolva
    de carinho para mais 365 dias e 8 horas de felicidade plena
    de realizações sonhadas para nossas vidas.
    Um abraço carinhoso mil beijos de pura amizade.
    Amigos para sempre :A viagem.
    Evanir..

    ResponderExcluir
  8. Confissões são declarações que lembra aquele primeiro beijo roubado , cheio de timidez e doçura
    sua poesia é assim_ doce e cheio de desejos ocultos que se confessa baixinho .
    Gostei muito Carlos
    Um doce e lindo 2014,
    e deixo abraços

    ResponderExcluir
  9. Não sei se é confissão, se desejo, mas sei que é um belo e fascinante tango de amor, bem dançado com o corpo da rosa.

    FELIZ ANO NOVO.

    Abraço da Luz.

    ResponderExcluir
  10. Confissão declarada por entre olhares que só pedem um beijo.

    Que a alegria do tango se propague nas estrelas de lamparinas.

    beijo

    ResponderExcluir
  11. Gosto deste revisitar onde novas emoções se fazem presentes.

    Por aqui, sinto o desejo sem idade, relógio ou limites.

    Há uma pureza no querer que apetece dizer que sim..

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir